Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Estar doente em Lisboa

por Maki, em 27.01.16

Estar doente só por si é chato, mas estar doente em Lisboa para mim é horrível e provavelmente vai levar à minha morte, literalmente, que quando estou doente e tenho que sair à rua foco grande parte das minhas forças em me manter de pé enquanto tiro a ranhoca que teima em aparecer constantemente. O que é bastante critico quando se tem adivinhar se os senhores condutores vão ou não sair da rotunda visto que nesta terra são raras as pessoas que usam os malditos piscas. 

Tenho saudades da ganja da minha mãe, da comida a sério do meu pai, de me baterem à porta de hora a hora para verificarem que ainda estou viva, de ir à casa-de-banho ao meio da noite e ouvir alguém a me perguntar se estou bem (uma vez fui beber água, cai e fiquei uma hora no chão a olhar para o tecto sem me conseguir levantar enquanto ardia em febre e a partir dai tem sempre medo que algo do género volte a acontecer). 

Quero voltar para casa...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:59

Hoje voltei a votar, desloquei-me até à minha terrinha e estou neste preciso momento a fazer uma pequena viagem de aproximadamente 4 horas para amanhã ir fazer um exame. O que me fez ficar irritada com a taxa de abstenção. Primeiro acho que os votos brancos não deviam contar como abstenção, os votos em branco representam quem se preocupa com a política, se dá ao trabalho de ir lá e expressar que não apoia nenhum deles e para além disso a taxa de abstenção está também associada aos emigrantes, aos estudantes deslocados que estão em plena época de exames e não podem ir a casa e tambem com a população mais idosa que por estar em lares e assim pelo que não pode votar. Antes de ir apanhar o autocarro fui visitar a minha avó e muitas das senhoras que estavam lá estavam meio chateadas porque era a primeira vez que não podiam ir votar, o que lhes deve ter custado bastante. É injusto que a população nessa situação não possa votar...

Por tudo o que já disse considero que abstenção também devia contar para a decisão de que seria ou não necessária segunda volta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:16


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D