Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Caguei

por Maki, em 30.06.15

Finalmente estou não oficialmente de férias, acordei às seis para fazer melhoria de um exame após 2horas de sono mal dormidas (maldito calor), estou a arrumar as minhas tralhas para abandonar o quarto e voltar para a terrinha na esperança de ter metido a maldita escolha múltipla que me vai poupar ao exame de sexta. Estou esgotada, quero estar com os meus amigos, não os vejo há meses, quero passar as minhas tardes com o cu de molho e as noites a ver anime, quero ler um bom livro sem sentir que não o devia estar a fazer, quero aproveitar o fresco da noite, olhar para a porcaria do céu e ver mais do que 5 estrelas, quero ir para casa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:21

Pedo magnect

por Maki, em 29.06.15

Acho que já tinha falado por aqui da minha capacidade de atrair pedófilos, pois bem, apesar de já estar bem perto dos 19 continuo a atrai-los, talvez pela mesma razão que atrai-o mocinhos de 15 anos... É complicado... Chato... Por vezes assustador... Já me disseram várias vezes "a idade é só um numero", e é. No entanto quem o diz obviamente nunca teve um creep com 30 e alguns a tentar engatar-lo, aliás pela minha experiencia por norma quem o diz são creeps com mais de 30 anos... 

Uma vez chorei um bocadinho por dentro devido a isso, estava um amiguinho lá do curso a dizer que eu ia acabar sozinha quando lhe respondo "ahahahah não vou nada, que eu atrai-o pedófilos ahahah" ao dize-lo em voz alta parte da minha alegria desvaneceu, uma coisa é sabe-lo, escreve-lo e ser fugir deles, outra é dize-lo. 

Maldição...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:56

Casamento (gay e não só)

por Maki, em 28.06.15

Não sou a favor do casamento. Não me refiro ao casamento gay em particular, simplesmente não percebo como é que uma cerimónia faz um casal mais feliz, afinal a única coisa que muda (ou pelo menos devia mudar) são os benefícios fiscais e talvez o último nome de um dos cônjuges...

Antes sim, era um passo importante, era heresia um casal viver junto, ou até mesmo passar tempo sem supervisão de uma mãezinha ou vizinha de forma a garantir que não havia nenhuma mãozinha a explorar o que não devia, mas e agora? Norma geral quando alguém se casa já explorou e foi explorado umas quantas vezes (pelo parceiro e muitas vezes por terceiros), e sinceramente, se o casal não experimentou viver junto antes do casamento então é parvo (querer passar a vida inteira com alguém é muito bonito, mas as coisas podem-se tornar complicadas quando partilhas o mesmo espaço com uma pessoa todos os dias, não há nada como um test drive).

De qualquer forma estou feliz pela legalização do casamento, apesar de sinceramente não perceber muito bem porque é que antes era ilegal, ou até mesmo se existia mesmo algures no código penal uma alínea que definia que era ilegal duas pessoas do mesmo sexo contraírem matrimónio, mas como há toda uma panóplia de leis estúpidas... Como uma sobre usar chapéus, ou como usar chapéus ou lá o que era... Não estou 100% certa de veracidade ou o conteúdo, mas era sobre chapéus.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:24

Nunca sei o que fazer

por Maki, em 24.06.15

Hoje estava eu a vir da universidade quando vi uma senhora cega, como estava numa zona que tem algumas escadas abrandei o passo e continuei o meu caminho a olhar para ela, a querer perguntar se ela precisava de ajuda, mas com medo de ela ficar ofendida (porque já me aconteceu por varias situações as pessoas ficarem chateadas por eu lhes oferecer o lugar no metro ou perguntar se precisavam de algo...), então simplesmente abrandei o passo e olhava para ela enquanto tinha uma luta interior. Entretanto a senhora choca contra uma ceninha e quase cai, nesse momento até parei e pensei mesmo em ir ter com ela, como a senhora pareceu ter ficado chateada consigo própria achei melhor não o fazer, olhei para a frente e vi um homem a se rir feito otário, o bastardo até olhou para mim enquanto se ria do género ''ri-te tambem'', há algum tempo que não sentia tanta repulsa por uma pessoa. 

Acabei por guiar a senhora até ao metro, sinceramente acho que ela não o queria, e sinceramente não percebi muito bem como é que aquilo acabou por acontecer, num momento um homem mostrou-se preocupado com a senhora e no seguinte incumbiu-me de guia-la. Foi constrangedor... A senhora ainda parecia estar incomodada com o facto de quase ter caído e tenho quase a certeza que ela preferia ter chegado lá sozinha... O que é compreensível... 

Não volto a sair de casa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:56

Promessas vãs...

por Maki, em 23.06.15

Um dia de estudo desperdiçado por acreditar na palavra de um professor, estou à cerca de 24 horas a actualizar a pagina na esperança de ver publicada a nota que poderá salvar a minha media ou destruir o que me resta de auto-estima. O pior é que para a semana tenho 3 exames 

Férias, preciso de férias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:54

A pior pessoa

por Maki, em 14.06.15

Sabem aquelas pessoas que são lixo humano e toda a gente se questiona o porquê de existirem? Eu sou uma delas, o pior é que não é de propósito. Uma pessoa ser cabra de propósito é lixado mas não é tão mau como alguém ser cabra sem querer isso no fundo quer dizer que és naturalmente má pessoa, eu sou das piores delas. Hoje foi um dia delicado para uma pessoa da minha família, viu-se sem independência e sem conseguir concretizar um sonho que tinha em conjunto com a filha, vendo apenas parte dele concretizado, o que por vezes é mais doloroso. No entanto ele sorria e era alegre, pelo menos enquanto estava acompanhado.Quando o vi sozinho notava-se que não estava bem, pelo menos foi essa a impressão que tive. Quando me despedi saiu-me uma frase que podia ser interpretada como ele ter feito exactamente o que a sua limitação lhe impede. Assim que disse aquilo caiu-me o mundo. Sou a pior pessoa que existe. Nem as cabras que tentam ser cabras me conseguem superar. Sou naturalmente a pior pessoa que existe.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:39

Merda para as hormonas

por Maki, em 12.06.15

Devia ter nascido com uma pilinha. Devia mesmo ter nascido com uma pilinha porque das mudanças de humor devido a hormonas não é para mim e olhem que tenho alguma sorte que isto só me vem de mês e meio em mês e meio ou lá o que é, mas quando vem é horrível, sinto-me sozinha, ponho-me a ver romances estúpidos (ok, tonari no kaibutsu-kun e meio fofo maaaas eu tenho exames...), e sinto-me principalmente excluída... Ontem por exemplo ofereci-me para sair de casa e ir dar um olá a umas amigas que estavam a estudar perto de mim, quando elas me disseram "se para dizeres olá não vale a pena", são umas queridas. Compreendo que não seja a melhor companhia mas pelo menos podiam fingir... Ok, prefiro que sejam honestas, cá para mim estavam de olho num gajo qualquer lá na sala e não tinham medo que eu chegasse lá e o afugentasse (not kidding, provavelmente foi isso). Outra coisa que é desconfortável e sangrar, é uma coisa chata, especialmente se tiveres que tossir ou espirrar... Além disso, pensos no verão são super confortáveis... Ui e quando ficas tonta porque estiveste durante 3horas sentada a estudar e entraste em fraqueza? Óptimo. E tão injusto... Se os gajos não procriam a única coisa que tem que fazer é bater uma para mandar o material cá para fora, se nós não procriamos estamos 1semana a sangrar, sendo que essa semana e a anterior são vividas com as emoções à flor da pele. Mundo injusto e cruel.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:37

A minha primeira vez

por Maki, em 11.06.15

Aconteceram muitas coisas desde que vim para Lisboa, umas boas outras más, hoje vou falar de uma que me marcou particularmente... Sabem quando querem muito fazer algo, pensam sobre isso durante bastante tempo e depois de o fazerem sentem-se deprimidos e vazios? Isso resume a minha experiencia na Feira do Livro... 

Há bastante tempo que queria ir mas nunca tive a oportunidade então este ano fiquei super feliz, peguei nas minhas coisas e fui para o Parque Eduardo VII, a minha ida para lá foi relativamente atribulada, digna de um livro épico até, perdi-me no El Corte Ingles, os trabalhadores das lojas(?) olhavam para mim do género "ugh classe media.", fui guiada por um segurança Simpático até à porta mais próxima do jardim, subi colina, contornei a Linha d'agua e vi-a no horizonte. Ganhei um novo animo, acelerarei o passo e cheguei lá. Entrei pelo stand da Leya, onde fiquei pressa algum tempo visto que estava imensa gente lá e é a editora de alguns dos meus escritores favoritos, segui caminho e resolvi aproveitar uma promoção tipo "pack surpresa", por 5euros levei 4 livros empacotados com base apenas nos títulos, honestamente estava bastante reticente na compra, vai contra os meus instintos comprar um livro sem ler pelo menos uma folha, mas resolvi arriscar! Agora tenho 4 livros de poesia na estante o que não é mau... Mas como sou uma pessoa mais virada para a prosa é um pouco estranho... Continuei a minha jornada, esquivando pessoas, memorizando os stands por onde tinha que passar ao voltar por atolados de momento, sendo atropelada por carrinhos de bebes, e passando aproveitando cada expositor menos concorrido para realmente ver os livros decentemente, comprando alguns. 

Gostei de lá estar, fiquei feliz por ver bastantes crianças, por falar em crianças, fiquei chocada quando passei um uma banca e descobri que a Anita já não se chama Anita e que agora se chama Maqualquercoisaparecidacommatutano...

Quando sai da Feira fui percorrida pelo habitual vazio que sinto após saltar entre vários livros e não os poder levar a todos para casa e um sentimento de culpa que me persegue sempre que gasto dinheiro, mas apesar de tudo quero voltar lá e aproveitar a hora H... Vocês também deviam.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:48

Estava eu entre o omegle e a myanimelist quando recebo uma mensagem a dizer que tinha subscrito a uma nhanha qualquer de jogos, estupefacta com tal coisa ligo para a meo, o senhor foi muito simpático, bastante até considerando a hora que é e o que ele já deve ter aturado hoje. Quando explico a situação do senhor diz com um riso contido "pois, há uns sites em que certos conteúdos se pagam, se bloquear poderá não ter acesso aos mesmos." honestamente quando estava a ouvir o waiting ring estava a pensar exactamente que esta situação acontece a pessoal que vê porn no telemóvel e que se dissesse que me aconteceu entre o omegle e um site de anime ninguém acreditaria, especialmente a estas horas então obter simplesmente por me rir ao ouvi-lo e dizer que não havia problema nenhum. Espero que pelo menos esta situação tenha divertido o senhor é feito da sua noite algo menos monótona... Que a mim roubou-me 5euros...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:08

Ah, a lamechice

por Maki, em 06.06.15

Hoje dei por mim a pensar em cenários hipotéticos com um rapaz que nunca mais vou ver na vida, cenas de reencontros e porcarias assim...

Haverá algo mais lamechas que o cérebro de uma gaja antes do período? se há coisa que me irrita é deixar de me conseguir focar decentemente quando estou para ter o período, é horrível, dou por mim a pensar em coisas estúpidas do tipo ''não quero acabar sozinha'' e merdinhas assim... e para variar isto acontece quando? ta-dah! Antes das frequências mais importantes! :D

Até o meu sistema hormonal me odeia.......

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:36

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D